Desvendando o Universo dos Crimes Cibernéticos: O Papel Crucial do Perito em Forense Digital

Por Rafael Ramos

O mundo digital é um terreno vasto e, muitas vezes, sombrio, onde criminosos cibernéticos buscam explorar as vulnerabilidades da era da informação. Com o avanço das fraudes e crimes virtuais, a demanda por profissionais especializados em Forense Digital tem crescido de forma exponencial. Esses especialistas desempenham um papel fundamental na resolução de incidentes de segurança cibernética, investigando casos que variam desde fraudes financeiras até invasões de sistemas e roubo de dados sensíveis.

A Explosão dos Crimes Cibernéticos no Brasil

O cenário atual demonstra a urgência dessa profissão. De acordo com o relatório “Global DDoS Threat Intelligence” da empresa Netscout, o Brasil registrou mais de 285 mil tentativas de ataques cibernéticos no segundo semestre do ano passado. Esses números alarmantes são apenas a ponta do iceberg em um mundo digital cada vez mais perigoso.

O Perfil do Especialista em Forense Digital

Ana Moura, Coordenadora Técnica da Pós-graduação de Forense Digital e Investigação Cibernética no Instituto Daryus de Ensino Superior Paulista (IDESP), destaca a amplitude de atuação desses profissionais: “É uma área que está em expansão e com possibilidades de atuação em diversos setores. O especialista em forense digital pode atuar em empresas privadas, escritórios de advocacia, consultoria de fraude e compliance, em ambientes de governo e forças de lei.”

Os salários nessa área variam, começando em cerca de R$ 8 mil para iniciantes e podendo chegar a impressionantes R$ 35 mil, um valor equivalente ao salário de um perito da polícia federal. No entanto, esses números podem variar dependendo do ramo de atuação, da complexidade do caso investigado e da experiência do profissional.

As Responsabilidades do Perito em Forense Digital

Uma das principais responsabilidades do especialista em Forense Digital é a coleta de vestígios digitais em locais de crime virtual, a preservação das evidências, a análise minuciosa do material em laboratório e a elaboração de relatórios detalhados. Essas etapas são cruciais para estabelecer conexões entre os dados coletados e o caso em investigação.

Ana Moura enfatiza as características essenciais para quem deseja trilhar essa carreira desafiadora: “Para desempenhar a função de analista forense digital, é fundamental ter curiosidade, senso analítico, foco nos detalhes, determinação e resiliência. A rotina é muito exigente e fundamentada em procedimentos e regulamentações nacionais e internacionais.”

A Importância da Educação e Certificações em Forense Digital

Um conhecimento sólido em tecnologia é imprescindível para qualquer profissional de Forense Digital. Além disso, investir em pós-graduações e certificações na área é fundamental para o desenvolvimento técnico e teórico do especialista. Nadia Guimarães, Sócia-Diretora de Operações e Diretora Acadêmica do IDESP, destaca a necessidade de atualização constante: “É uma atividade que está em constante evolução, por isso é importante buscar capacitação e entender as ferramentas que estão sendo utilizadas no tratamento dos incidentes em todo o mundo.”

O Instituto Daryus de Ensino Superior Paulista (IDESP): Um Centro de Excelência em Forense Digital

Para aqueles que desejam ingressar nessa carreira empolgante e desafiadora, o IDESP oferece a pós-graduação em Forense Digital e Investigação Cibernética a partir de outubro. Os alunos terão a oportunidade de aprender os fundamentos da Forense Digital e investigar casos de referência acadêmica. Cada disciplina do curso proporciona a oportunidade de aplicar o aprendizado por meio de estratégias, planejamento técnico e elaboração de laudos periciais.

O IDESP, com mais de 17 anos de atuação, é uma instituição de referência em gestão de risco, cibersegurança, privacidade e continuidade de negócios. Oferece uma ampla gama de cursos, incluindo pós-graduações, em parceria com faculdades, para capacitar profissionais nessa área em constante evolução.

Conclusão

Com a escalada dos crimes cibernéticos, o papel do especialista em Forense Digital se torna mais relevante do que nunca. Esses profissionais desempenham um papel vital na proteção dos dados pessoais e corporativos, além de auxiliar na investigação e punição de criminosos virtuais. Portanto, investir em educação e capacitação na área de Forense Digital é fundamental para enfrentar os desafios crescentes do mundo digital e garantir a segurança da informação em um cenário cada vez mais complexo. Para mais informações sobre a pós-graduação em Forense Digital e Investigação Cibernética oferecida pelo IDESP, visite o site oficial da instituição.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Exit mobile version