Microsoft expande esforço de treinamento no Brasil com foco nas mulheres


A Microsoft preenche a lacuna de treinamento em segurança cibernética, fornecendo ambientes de aprendizado inclusivos e de apoio por meio de programas de treinamento e parcerias educacionais

A Microsoft está expandindo sua Iniciativa de Habilidades em Segurança Cibernética para a  Argentina, Chile, Indonésia e Espanha, e fornece subsídios a organizações sem fins lucrativos para ajudar as pessoas a se capacitarem para a força de trabalho de segurança cibernética. Com essa expansão, a Microsoft agora trabalha em 28 países ao redor do mundo, incluindo Brasil, em parceria com organizações sem fins lucrativos e outras instituições educacionais para treinar a próxima geração de profissionais de segurança cibernética.

Nos últimos anos, o volume de ataques por senha aumentou para cerca de 921 ataques por segundo  – um aumento de 74% em um único ano e um custo médio de uma violação cibernética atingiu US$ 4,35 milhões – de acordo com o  Relatório de Defesa Digital da Microsoft divulgado no ano passado. Ao mesmo tempo, estamos enfrentando uma crise global de habilidades em segurança cibernética. A demanda por habilidades de segurança cibernética cresceu em média 35% no ano passado.

Na América Latina, a demanda por habilidades em segurança cibernética cresceu em países como Brasil (76%), Argentina (36%), México (33%), Colômbia (32%) e Chile (32%). Além disso, há uma enorme oportunidade para as mulheres trabalharem em segurança cibernética. De acordo com o LinkedIn, a verdadeira disparidade de gênero dos profissionais de segurança cibernética está abaixo:

  • Argentina: 84% homens vs 16% mulheres
  • Brasil: 86% homens vs 14% mulheres
  • Chile: 87% homens vs 13% mulheres
  • Colômbia: 82% homens vs 18% mulheres
  • México: 84% homens vs 16% mulheres

Com isso em mente, além de expandir o programa de treinamento para mais países, a Microsoft está focada em ajudar as mulheres a entrar na força de trabalho de segurança cibernética, tendo em mente que para abordarmos as lacunas de diversidade é necessário internacionalidade no desenvolvimento e na execução do programa e, portanto, devemos criar ambientes de aprendizado mais inclusivos e de apoio.

“As mudanças econômicas e tecnológicas estão aumentando a pressão sobre as forças de trabalho de hoje. A escala e a urgência da requalificação devem ser tomadas como uma prioridade, uma vez que temos de promover uma sociedade mais coesa e inclusiva que permita que as pessoas prosperem nos empregos mais necessários. Por isso, estamos oferecendo esses canais de aprendizado para as pessoas, especialmente as mulheres, impulsionarem a economia global e a sua própria”, disse Lucia Rodrigues, líder de filantropia da Microsoft Brasil.

Os alunos se beneficiam mais quando os programas de treinamento levam a certificações reconhecidas pelo setor, e vemos maior sucesso quando as organizações de treinamento trabalham diretamente com os empregadores. É por isso que a Microsoft está lançando uma série de novas parcerias com organizações focadas no treinamento de mulheres em segurança cibernética. As parcerias incluem: WOMCY, uma organização sem fins lucrativos focada em aumentar as oportunidades para as mulheres em segurança cibernética na América Latina; e WiCyS, uma comunidade global de mulheres, aliadas e defensoras dedicadas ao avanço das mulheres na segurança cibernética.

Finalmente, organizações sem fins lucrativos, de ensino superior e outras organizações de treinamento desfrutam da oportunidade de aprender umas com as outras por meio de intercâmbios facilitados, e é importante reuni-las para compartilhar as melhores práticas que ajudam a dimensionar o impacto. Como resultado, nossa estratégia expandida incluirá uma comunidade de prática para apoiar o crescimento contínuo de nossos parceiros sem fins lucrativos.

O impacto até agora

Até o momento, em todo o mundo, treinamos mais de 400.000 pessoas por meio de uma variedade de canais, incluindo o Microsoft Learn, onde as pessoas ganharam certificados de treinamento em segurança, e por meio de cursos do LinkedIn Learning, incluindo administração de sistemas, segurança de rede e muito mais. E fazemos parcerias com instituições educacionais e organizações sem fins lucrativos em todo o mundo para causar um impacto ainda maior.  

Para ajudar a esclarecer a lacuna de habilidades de segurança cibernética nos 28 países onde a Microsoft está trabalhando agora, a empresa está lançando uma nova tabela dinâmica.  Para mais informações sobre esta notícia, clique aqui.

Sobre a Microsoft   

A Microsoft (Nasdaq “MSFT” @microsoft) habilita a transformação digital na era da nuvem inteligente e da fronteira inteligente. A missão da Microsoft é empoderar cada pessoa e cada organização no planeta a conquistar mais. A empresa está no Brasil há 34 anos e é uma das subsidiárias da Microsoft Corporation, fundada em 1975, e que está presente em mais de 190 países. De julho de 2021 a junho de 2022, a empresa investiu mais de US$ 15 milhões em doações e descontos para entidades sem fins lucrativos, impactando mais de 2 mil instituições com doação de software, descontos para compra e apoio a projetos de capacitação. Com o lançamento do Microsoft For Startups Founders Hub, 443 novas startups foram aprovadas, totalizando 703 startups apoiadas, que juntas já consumiram USD 11,898,488.00 de créditos em nuvem Azure.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top
7 Jogos leves para celulares fracos (Android 1GB RAM / Mobile) Explorando a Nova Parceria: Belle Belinha e Kine-Chan Agitam as Redes Sociais Sabores Sem Glúten no Nikkey Palace Hotel Como funciona o sorteio da Loteria Federal, saiba como concorrer aos prêmios 12 Cidades para incluir numa viagem para a Tailândia  Projeto de Lei: Regulamentação da Inteligência Artificial Energia Renovável: NetApp e seu Compromisso Sustentável Mundo de Kaboo: Uma Jornada Encantadora pela Imaginação Aluguel de Brinquedos: Facilitrip Traz Novidades Para Viagens Familiares