Conhecido como “sommelier da cibersegurança”, Anchises Moraes passa a integrar o time da Apura

Anchises Moraes, Cyber Threat Intelligence Lead na Apura

Parceria visa novas formas de aprimorar as soluções oferecidas pela empresa contando com toda a expertise do profissional para entender as principais ameaças cibernéticas

Com mais de 20 anos de experiência em cibersegurança e investigação digital, Anchises Moraes acaba de assumir o cargo de cyber threat intelligence lead na Apura Cyber Intelligence, empresa nacional que desenvolve soluções na proteção e defesa contra crimes na internet.

A parceria aconteceu depois de um bom tempo de flerte entre as partes, e o principal objetivo é que Anchises possa agregar ao time da Apura, segundo suas próprias palavras, “uma mentalidade hacker para criar paradoxos de segurança pouco ortodoxos e trazer uma compreensão única do cenário de ameaças em um mundo hiperconectado”.

A história de Moraes no mundo da cibersegurança é peculiar. Quando ele tinha 15 anos de idade, seus pais matricularam-no em uma escola para técnicos de Processamento de Dados (PD), acreditando ser essa a profissão do futuro.

“Eu não sabia nada sobre computadores, e meu contato com tecnologia até então era limitado a ter jogado poucas vezes em um TK 85 na casa de um amigo, com joguinhos carregados em fita K7. No curso técnico, tive meu primeiro contato de verdade com computadores e programação. Para me acostumar com o teclado dos computadores, no início eu treinava digitando comandos e programas em BASIC em uma máquina de escrever que ganhei da minha avó materna no meu aniversário de 15 anos”, explica o profissional.

Durante o último ano do curso, Anchises passou em um concurso e ganhou bolsa para um cursinho, o que o ajudou a entrar em Ciências da Computação na USP. A partir dali as portas começaram a se abrir, e foi na Editora Abril que ele pôde trabalhar em um dos primeiros provedores de internet do Brasil, o BOL (Brasil Online).

Sua experiência em threat intelligence e combate a fraudes começou em 2005, graças a passagens pela RSA e pela iDefense (que na época integrava o grupo de ciberinteligência da Verisign, mas atualmente faz parte da Accenture), onde ocupava o cargo de analista de inteligência e ameaças para a América Latina. O profissional também é diretor do capítulo brasileiro da Cloud Security Alliance (CSA); chanceler supremo e um dos fundadores do Garoa Hacker Clube, o primeiro hackerspace brasileiro. É um dos apoiadores da comunidade WOMCY (LATAM Women in Cybersecurity) e da Mente Binária, além de ser um dos founders e organizadores do evento Security BSides São Paulo.

Antes de chegar à Apura Cyber Intelligence, Anchises passou por várias empresas renomadas, trabalhou recentemente no C6 Bank como responsável pelo time de Threat Intel, além de ter atuado como cyber evangelista, assumindo as ações de promoção da cultura e conscientização de segurança para colaboradores, funcionários e clientes. Também foi responsável pelo programa de Bug Bounty do C6 Bank, entre outros projetos.

Toda essa trajetória gabaritou Moraes a encarar esse novo desafio na Apura, uma empresa especializada em segurança da informação e combate a crimes cibernéticos. Na posição, ele lidera a equipe de investigação digital e responde aos incidentes de segurança de forma efetiva e eficiente.

“A Apura Cyber Intelligence é uma empresa que possui uma abordagem multidisciplinar para a segurança da informação, que combina tecnologia avançada e análise humana para fornecer soluções personalizadas aos seus clientes”, explica Moraes.

Com a presença de Anchises, a empresa ganha um profissional de grande experiência, capaz de liderar uma equipe de especialistas e enfrentar os desafios da segurança da informação em um ambiente cada vez mais complexo e sofisticado.

Para Sandro Süffert, CEO da Apura, o investimento da empresa em assets como Anchises Moraes mostra o comprometimento em recrutar os melhores do mercado, especialmente aqueles que conseguem propor ideias e soluções para cada dia mais combater os crimes virtuais e levar segurança a empresas, indústrias, órgãos governamentais e cidadãos.

“Não é à toa que ele é chamado de ‘sommelier da cibersegurança’. Temos muito orgulho de tê-lo conosco”, finaliza Süffert.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top
Sabores Sem Glúten no Nikkey Palace Hotel Como funciona o sorteio da Loteria Federal, saiba como concorrer aos prêmios 12 Cidades para incluir numa viagem para a Tailândia  Projeto de Lei: Regulamentação da Inteligência Artificial Energia Renovável: NetApp e seu Compromisso Sustentável Mundo de Kaboo: Uma Jornada Encantadora pela Imaginação Aluguel de Brinquedos: Facilitrip Traz Novidades Para Viagens Familiares O Impacto do Salário Mínimo na Vida dos Brasileiros: Cuidados Cruciais com Pensões Alimentícias Desfrute de Férias Memoráveis no Wyndham Olímpia: A Comodidade do Verão em Parcelas!