Integração de sistemas e conexão entre empresas impulsionam o mercado de TI

Referência em ERP, a ACOM Sistemas oferece soluções robustas para engajar clientes nos novos formatos de negócio

Com a transformação das relações de consumo, o ambiente corporativo busca constantemente novas e melhores práticas para seus modelos de negócio. Para manter a competitividade no mercado, empresas de diferentes ramos buscam alternativas ágeis e modernas para alavancar a lucratividade, tornando fundamental a implementação de tecnologias capazes de fornecer ferramentas de gerenciamento de dados e informações de forma inteligente.

Inteligência Artificial (AI), big data, IoT (Internet das Coisas) e sistemas de gestão automatizados, chamados de ERP (Enterprise Resource Planning), são exemplos de inovações tecnológicas que fazem a diferença na operacionalização de processos, desde o gerenciamento de transações comerciais, passando pela logística e pelo estoque, às burocracias fiscais e administrativas. A integração de diversos setores da empresa em um só sistema digital colabora assertivamente para o alcance de metas, que inclui maior competitividade e satisfação da nova geração de consumidores, cada vez mais conectada e exigente.

Como forma de proporcionar experiências convergentes e personalizadas aos clientes, organizações têm apostado em parcerias para potencializar a cadeia de negócios. Associações entre empresas complementares despontam no mercado, já que o formato colaborativo, em grandes ecossistemas digitais, constrói uma comunidade sólida de usuários interessados em produtos e serviços do respectivo mercado, e de outros.

Eduardo Ferreira, CCO da ACOM

“As tecnologias estão oferecendo maior eficiência, qualidade e agilidade às operações. Isso reflete não apenas no atendimento ao cliente final, como também em todo o ecossistema operacional e de gestão do setor. O uso de QR Code e a implementação de softwares de gestão são algumas das iniciativas que levam celeridade ao atendimento de mercados em rápida expansão”, destaca Eduardo Ferreira, CCO da ACOM Sistemas — referência no mercado de ERP, com destaque para o EVEREST, software estratégico para empresas do food service.

Já se pode afirmar que o ecossistema digital é um caminho certo para o desafiador mercado de tecnologia, que deve crescer 5,2% em 2023, de acordo com o relatório Worldwide Semiannual Services Tracker, da International Data Corporation (IDC). Empresas que apresentarem iniciativas disruptivas provenientes das parcerias terão êxito no crescimento e se destacarão em um ambiente no qual caminhar sozinho não é uma boa estratégia. A ACOM Sistemas é um exemplo de que as associações dão certo: cerca de 50% dos novos clientes que entraram na base em 2022 são provenientes de entidades parceiras.

Casos de sucesso

Reduzir custos e elevar o nível de gestão com a integração dos sistemas foi o principal objetivo do grupo KCMS ao firmar parceria com a ACOM Sistemas. A utilização do ERP EVEREST, desenvolvido pela empresa de tecnologia, unificou a gestão e encontrou soluções precisas para o alcance de metas, sobretudo no mercado de food service, como destaca o CEO da KCMS, Kerler Chaves:

“Temos feedbacks positivos de clientes que conseguiram reduzir em 15% suas despesas e melhorar o CMV em 5%; tudo impactado pelos benefícios da integração das nossas tecnologias com o EVEREST”. A expertise da ACOM Sistemas no desenvolvimento de soluções para o setor de alimentação fora do lar tornou o EVEREST uma escolha habitual quando se busca por uma solução para o setor. Isso acontece pois o valor que ele gera para o negócio ao se integrar com parceiros estratégicos é percebido por meio do ecossistema do qual faz parte, em que é possível, para o cliente, monitorar a operação de ponta a ponta, controlando e trabalhando sobre indicadores que são imprescindíveis para os negócios do food que desejam gerar resultados a partir de uma gestão saudável, baseada em cenários reais do negócio.

A integração entre o sistema de PDV (Ponto de Venda) EPOC, voltado para a gestão de bares, restaurantes e baladas, e o EVEREST surgiu pela necessidade da EPOC ter junto ao seu sistema algumas funcionalidades não alcançadas pelo PDV, e que, de fato, tivesse amplo know-how no segmento do food. De acordo com Carlos Bassi Neto, analista de vendas na empresa, o sistema da ACOM foi escolhido justamente pela eficiência das soluções voltadas para o mercado:

“Há grandes e abrangentes sistemas disponíveis para a implantação nas organizações, mas que não se alinham especificamente com a área de food service. Como o EVEREST é um ERP específico para o setor, atende às diversas demandas conforme a necessidade de cada estabelecimento. Dessa forma, fideliza o cliente e ganha mais longevidade no mercado”, explica.

Outra parceira da ACOM Sistemas, a Meep promoveu uma mudança significativa no gerenciamento de dados e informações quando a conexão entre ambas foi firmada:

“A integração traz melhoria na gestão de estoque e no processo de compras, redução de custos e maior controle do CMV (Custo da Mercadoria Vendida). É possível também monitorar resultados com precisão e aprimorar o controle”, afirma Daniel Nunes Quaresma, gerente comercial da Meep.

Gestão fiscal

Entre as inúmeras funcionalidades que o EVEREST entrega, está a gestão completa, da emissão ao armazenamento, dos documentos fiscais eletrônicos do negócio. A empresa de gestão e controle de operações de food service Menew viu na parceria com a ACOM Sistemas a possibilidade de apoiar seus clientes nos processos fiscais e contábeis, a partir do módulo específico que o sistema oferece: “Pesquisamos parceiros que poderiam suprir um gap na parte fiscal e encontramos o EVEREST. O ERP é completo, um dos melhores do mercado. Já no primeiro mês de ativação houve um feedback positivo dos clientes”, afirmou Denilson Vital Costa, líder de tecnologia na Menew.

Expectativas

Construir o futuro digital é, hoje, investir em inteligência, para que seja possível implementar tecnologias emergentes de acordo com as demandas do mercado. Se, atualmente, as empresas já estão certas da necessidade de oferecer ao cliente uma experiência de compra perfeita, a perspectiva é de que, nos próximos anos, os consumidores exijam um omnichannel ainda mais assertivo.

Isso significa que a busca por parcerias e associações empresariais deverá se intensificar nos próximos anos, já que serão inúmeras as possibilidades de interação decorrentes de ecossistemas sempre mais complexos. E já é previsível: o cliente vai impor a necessidade de ter experiências precisas nas novas plataformas.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top
Sabores Sem Glúten no Nikkey Palace Hotel Como funciona o sorteio da Loteria Federal, saiba como concorrer aos prêmios 12 Cidades para incluir numa viagem para a Tailândia  Projeto de Lei: Regulamentação da Inteligência Artificial Energia Renovável: NetApp e seu Compromisso Sustentável Mundo de Kaboo: Uma Jornada Encantadora pela Imaginação Aluguel de Brinquedos: Facilitrip Traz Novidades Para Viagens Familiares O Impacto do Salário Mínimo na Vida dos Brasileiros: Cuidados Cruciais com Pensões Alimentícias Desfrute de Férias Memoráveis no Wyndham Olímpia: A Comodidade do Verão em Parcelas!