Crea-BA Denuncia Nomeações Inadequadas para Coordenação de Segurança Ambiental

A nomeação de Gersica Lima dos Santos, nutricionista, e Edna de França Ferreira, pedagoga, para cargos de coordenação no Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (Inema) gerou preocupação e críticas do Ministério Público da Bahia (MPBA). As nomeações, realizadas pela diretora-geral do Instituto, Márcia Teles, não consideraram a falta de formação técnica e conhecimento específico exigido para as áreas de segurança de barragens e estudos climáticos.

O Crea-BA ecoa a inquietação do MPBA sobre os riscos decorrentes da nomeação de pessoas sem a devida formação técnica para lidar com questões tão sensíveis como a segurança de barragens e análises climáticas. João Bosco Ramalho, chefe de gabinete do Conselho, destaca a importância de valorizar profissionais competentes e a adoção de critérios técnicos em nomeações para cargos de confiança. Segundo Ramalho, essa medida visa garantir a qualidade dos serviços prestados à população e a eficiente gestão dos recursos públicos.

Ele ainda ressalta a urgência em selecionar gestores com habilidades específicas, especialmente diante de desastres recentes como o de Brumadinho e as intensas chuvas ocorridas na região nos últimos anos. A seleção baseada em critérios objetivos torna-se crucial para prevenir tais eventos e garantir uma gestão mais qualificada das ações preventivas.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Exit mobile version