Conheça as técnicas mais indicadas para vender bem e obter sucesso no negócio pelo Instagram

Poli indica os caminhos mais assertivos para micros e pequenas empresas venderem mais, com reputação e conquistando mercado

Em 2010 surgia um dos recursos de entretenimento que revolucionou o jeito de as pessoas se comunicarem na rede social: o Instagram.

A plataforma, que já alcançou 2 bilhões de pessoas ativas, chegou ao público de uma maneira diferente das demais mídias de sucesso no país. Ao invés de muitos textos e poucas imagens, menos palavras e mais recursos visuais.

Outro ganho do Instagram foram as publicações em vídeos. O Reels, por exemplo, é um dos recursos lançados em 2020 para criar vídeos curtos e educacionais ou divertidos.

Aos poucos tudo o que foi projetado para diversão se tornou um meio de impulsionar as vendas de produtos e/ou serviços das empresas. Mas, como se sobressair diante de tantas funcionalidades?

Uma das dicas básicas é ter um perfil comercial no Instagram for Business, modalidade da plataforma própria para perfis empresariais. Com a página, as empresas conseguem pensar em estratégias para o seu perfil de público. Elas também podem criar anúncios pagos e aproveitar as funcionalidades que a rede social dispõe, como as métricas que indicam se as vendas estão sendo alcançadas, quais os pontos de melhorias e no que é necessário evoluir.

“Com essas métricas é possível monitorar a performance e utilizar os dados como guias para tomadas de decisões eficazes que auxiliam na jornada do cliente”, defende Alberto Filho, CEO da Poli, startup de automação e integração de canais digitais de atendimento.

Alberto Filho, CEO da Poli

Para ter mais solidez e reputação no mercado, a empresa precisa postar conteúdo. Os clientes que se identificam com o serviço ou produto da marca e a seguem esperam posts de lançamentos e promoções, mas também aguardam outros tipos de conteúdo que possam criar laços mais duradouros com a marca. Neste sentido, uma das dicas é postar bastidores e como um produto pode ser utilizado de várias formas.

“A empresa precisa criar conteúdo que entretenha, mas também que ensine. Uma loja de roupas pode, por exemplo, ensinar como utilizar uma mesma peça de roupa em combinações diferentes. É com esse olhar atento que se conquista o consumidor”, diz Alberto.

Foco em vídeos

Em 2022, o Instagram estava voltado a combater o crescimento do TikTok e, por isso, voltou seus esforços em vídeos. Em razão disso, para a marca ser mais visada e chegar aos clientes e leads, as estratégias de social media precisam contemplar esse formato.

“Se a rede social está entregando para os seguidores mais vídeos do que imagens ou conteúdos estáticos, o caminho é focar em vídeos. Mas eles não precisam ter grandes produções. Os vídeos devem, acima de tudo, passar uma mensagem, encantar pessoas e capturar a atenção”, avalia o especialista da Poli.

Para maior engajamento, a empresa pode fazer parceria com influencers, desde que o profissional se identifique com a marca. Outra opção é fazer postagens unificadas com parceiros. Isso possibilita o aumento da interação e visibilidade da marca, eleva as vendas e melhora os resultados da empresa.

Tecnologia como aliada

Para ampliar o alcance do público-alvo e criar mais impacto no mercado, uma das soluções para as empresas é o uso de ferramentas que agilizam o relacionamento com os clientes, bem como que centralizam todas as atividades da rede social (anúncios, atendimento, venda, monitoramento, cobrança).

É o caso da Poli. A plataforma permite que micros e pequenas empresas façam a integração do Instagram e demais redes sociais do negócio, como WhatsApp, Facebook Messenger e o site da empresa. Assim, a empresa otimiza tempo, diminui gastos e melhora a experiência de compra do consumidor. “A empresa não precisa ficar visitando cada rede social para saber quem comentou, quem perguntou, curtiu ou fez críticas. Com a ferramenta da Poli, as informações ficam centralizadas e, com isso, fica mais fácil e ágil monitorar o engajamento, as campanhas que deram ou não certo, facilitando a criação de conteúdos assertivos para atrair mais pessoas que se identificam com a marca”, sublinha o CEO. Em 2023, a Poli projeta atingir algo próximo à incrível marca de 1 bilhão de mensagens trocadas na sua plataforma e seguir expandindo os canais, sempre com foco na experiência e na solução de problemas.

Saiba mais: https://poli.digital/

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll to Top
Sabores Sem Glúten no Nikkey Palace Hotel Como funciona o sorteio da Loteria Federal, saiba como concorrer aos prêmios 12 Cidades para incluir numa viagem para a Tailândia  Projeto de Lei: Regulamentação da Inteligência Artificial Energia Renovável: NetApp e seu Compromisso Sustentável Mundo de Kaboo: Uma Jornada Encantadora pela Imaginação Aluguel de Brinquedos: Facilitrip Traz Novidades Para Viagens Familiares O Impacto do Salário Mínimo na Vida dos Brasileiros: Cuidados Cruciais com Pensões Alimentícias Desfrute de Férias Memoráveis no Wyndham Olímpia: A Comodidade do Verão em Parcelas!